N. Sra. de Fátima

N. Sra. de Fátima
Fátima 2017 centenário das aparições de Nossa Senhora, façamos como Ela nos pediu e rezemos o Rosário diariamente. Ave Maria cheia de graça… ©Ecclesia

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Santo Rosário - Primeiro Mistério Glorioso

Ressurreição de Jesus

Não sabemos, os Evangelhos não dizem nada sobre o assunto, mas não custa crer que a primeira pessoa a ver o Senhor Ressuscitado foi a Sua Santíssima Mãe.

Qual o filho que não tem como primeira preocupação “sossegar” a sua mãe quando a amargura, pena e saudade da sua ausência requerem a sua presença imediata?

Com maior razão, Jesus, O teu amado Filho, teria urgência em estar contigo para que O visses glorioso e triunfante da morte.

As cenas do Calvário ficaram gravadas no teu coração amantíssimo e a derradeira visão de Jesus morto nos teus braços, mutilado e destroçado como um verme, não se apaga nem consegues revivê-la cada minuto que passou desde Sexta-Feira ao fim da tarde.

Junto de ti os Apóstolos, as mulheres que O acompanharam cuidando que nada faltasse, os teus familiares, tentam em vão consolar-te, impedir-te de chorar.

Estás, Senhora minha, tranquila e esta tranquilidade nada tem que ver com conformismo ou aceitação inevitável mas sim com uma confiança sem limites nem condicionantes.

Sabes muito bem Quem É o Teu Jesus, o mesmo que deste à luz numa gruta de Belém há trinta e poucos anos atrás. Durante todo esse tempo seguramente que na vossa intimidade de Mãe e Filho se foram esclarecendo muitas coisas e Ele não deixaria de te revelar tudo quanto se iria passar.
Talvez te tivesse poupado os detalhes mais inopinados: a traição de um que tinha como amigo, as negações de outro que tinha instituído como chefe, o abandono de quase todos os íntimos dos últimos anos.
E outros ainda, escabrosos, terríveis, dolorosos: a farsa do julgamento, a flagelação, a coroa de espinhos, a cruz, os insultos, troças e vitupérios.

Mas, agora, que tudo acabara e o teu Filho jazia finalmente em paz num sepulcro emprestado, esperas e confias… confias e esperas.

Daqui a minha convicção que Jesus Ressuscitado terá ido ter contigo e, carinhosamente, sossegar-te definitivamente.

Sem comentários: