N. Sra. de Fátima

N. Sra. de Fátima
Fátima 2017 centenário das aparições de Nossa Senhora, façamos como Ela nos pediu e rezemos o Rosário diariamente. Ave Maria cheia de graça… ©Ecclesia

terça-feira, 16 de maio de 2017

«As mulheres sabem tudo!»

As mulheres pontificaram nos voos desta peregrinação de Francisco a Fátima.

A jornalista argentina Elisabetta Piqué, enviada do «La Nación», desvendou um segredo no voo de regresso a Roma. O Papa desatou às gargalhadas e exclamou «le donne sanno tutto!». A pergunta foi:

– «Hoje é o centenário da aparição de Nossa Senhora de Fátima, mas é também um aniversário de um acontecimento importante na sua vida, há 25 anos, quando o Núncio lhe disse que seria Bispo Auxiliar...».
– «As mulheres sabem tudo! Não tinha reparado na coincidência; só ontem, quando rezava diante de Nossa Senhora, me dei conta de que recebi o telefonema do Núncio há 25 anos. Bem. Não sei... exclamei «ena!»... E falei com Nossa Senhora um pouco sobre isto, pedi-lhe perdão pelos meus erros, falei também um pouco dos erros de “casting” nas pessoas que escolhe... – acrescentou o Papa a rir – Foi ontem que me dei conta».

Sabia-se que o Núncio tinha pedido ao Pe. Bergoglio que o fosse esperar ao aeroporto, aproveitando que o avião fazia escala na cidade. Também se sabia que a notícia de que João Paulo II o tinha nomeado bispo se tornou pública no dia 20 de Maio. Faltava ser público este pormenor: o telefonema para comparecer no aeroporto aconteceu exactamente no dia 13 de Maio, 75º aniversário de Fátima. É evidente que Francisco captou a coincidência das datas como sinal da presença de Nossa Senhora na escolha de João Paulo II, mas nota-se a habilidade de não deixar que estas delicadezas de Deus e da sua Mãe sejam apresentadas com o aspecto de milagres.

Aplicou uma estratégia parecida à pergunta de Aura Miguel, jornalista da Rádio Renascença: «Sua Santidade apresentou-se como “o Bispo vestido de branco”. Até agora, esta expressão da terceira parte do segredo costumava aplicar-se a S. João Paulo II e aos mártires do século XX...».

– «Sim, na oração [antes da procissão das velas]. Não fui eu que a escrevi, foi o Santuário. Eu também me perguntei: porque escreveram isso? Tem a ver com o branco: o Bispo vestido de branco, Nossa Senhora vestida de branco, o alvor branco da inocência das crianças depois do Baptismo...».

A referência ao «bispo vestido de branco» e ao povo fiel que reza com ele não se referia literalmente a um atentado, mas é uma imagem da Igreja unida a Pedro, rezando e sofrendo a oposição do mundo. Não é um milagre, mas a imagem da visão é eloquente.

O destaque do voo de Itália para Portugal foi para Anna Elza Ferreira, de uma cadeia de televisão brasileira, que está no quinto mês, à espera de um filho. Teve prémio: «Ainda não sei se é rapaz ou rapariga, mas o importante é que já tem a bênção do Papa Francisco!».

Em Roma, a distinção foi para Nossa Senhora. O Papa foi rezar e deixar um ramo de flores diante de Nossa Senhora «Salus Populi Romani», em Santa Maria Maior, onde tinha estado a rezar antes de partir.

José Maria C.S. André
15-V-2017

Sem comentários: