Natal

Natal
Vinde, Senhor Jesus! Estamos ansiosos pela vossa chegada para proclamarmos de novo o nascimento do Filho de Deus Pai

quinta-feira, 2 de março de 2017

Quaresma 2017

Começo a minha caminhada pelo deserto da Quaresma.

Vou devagar, não tenho pressa. Passo a passo para me poder encontrar, ou melhor, para deixar que o Espírito Santo me faça encontrar naquilo que sou realmente e sobretudo naquilo que desejava ser, segundo a vontade de Deus.

Uma pedra no caminho e sento-me.

A pedra tem escrito em toda a sua largura: mentira!

Uma voz estranha, incómoda, diz para eu me levantar e continuar a caminhar, porque nada tenho a ver com a mentira.

Pois, o inimigo passeia pelo deserto da minha Quaresma!

Afasto essa voz de mim, entro no meu coração e reflicto, medito, nessa pedra em que me sento.
Sim, não vejo grandes mentiras, mentiras que prejudiquem outros, mas vejo tantas outras, sem sentido e por vezes perniciosas até para mim.

Mentiras para me fazer melhor do que os outros, mentiras para me desculpar de tantos erros, mentiras ocasionais sobre coisas sem sentido, mentiras até a mim próprio, para tentar enganar a minha consciência.

Ah, Senhor, obrigado por me teres feito sentar nesta pedra da mentira, da qual me queres levantar para prosseguir caminho.

Ajuda-me a perceber e a viver que só a verdade, sempre, é a Tua única vontade. 

Monte Real, 2 de Março de 2017 

Joaquim Mexia Alves

Sem comentários: