N. Sra. de Fátima

N. Sra. de Fátima
Fátima 2017 centenário das aparições de Nossa Senhora, façamos como Ela nos pediu e rezemos o Rosário diariamente. Ave Maria cheia de graça… ©Ecclesia

sábado, 11 de março de 2017

O autor de Missão Cumprida fala sobre D. Álvaro del Portillo

Mons. Hugo de Azevedo, autor de uma biografia em português sobre o primeiro sucessor de S. Josemaria à frente do Opus Dei, deu no passado dia 15 de fevereiro, no Auditório Carvalho Guerra, da Universidade Católica (Porto), a segunda conferência de preparação do Centenário do nascimento de D. Álvaro del Portillo. Comentando o seu trabalho de pesquisa para esta obra, salientou a formação profissional de engenheiro como um dom para ser fiel ao que recebia do Fundador, elencando, em tom jocoso, outras profissões mais “criativas”, como a de filósofo, teólogo, jurista, advogado, romancista… Ao seu lado, o Dr. António Lobo Xavier, jurista, que apresentara o orador, divertia-se, com uma cumplicidade que contagiava os assistentes.

Referiu o título Missão Cumprida como boa definição do que foi a vida de D. Álvaro del Portillo, levando a termo alguns dos sonhos de S. Josemaria. Com um temperamento muito diferente do do Fundador do Opus Dei, cultivou sempre o estilo de família unida, que o fazia falar a multidões à medida que o Opus Dei ia crescendo, sem reparar no seu natural mais tímido. Recusou mesmo a profissão de advogado, à semelhança do seu pai, por não se sentir dotado para falar em público. Ao longo das sessões do Vaticano II, a sua bondade e capacidade de criar consensos, tornou possíveis muitas redações de textos no termo das sessões de trabalho. Daí resultou um estudo muito interessante: “Fiéis e leigos na Igreja”, também editado em Portugal.

Com a consciência de que é necessário criar obras evangelizadoras que perdurem, deu vida à Universidade Pontifícia da Santa Cruz para a formação de sacerdotes, leigos e religiosos de todo o mundo em Roma. Atualmente, esse é um dos projetos que Harambee pretende apoiar no ano da sua beatificação, que terá lugar a 27 de setembro próximo em Madrid. Outros especialmente ligados à saúde e à educação, serão também visados no agradecimento dos participantes na sua beatificação.

A primeira sessão para preparar o Centenário do nascimento de D. Álvaro (11 de março de 1914) teve lugar em Lisboa, no dia 18 de janeiro.

Nas duas ocasiões, foram apresentados em detalhe os quatro projetos Harambee especialmente ligados ao impulso de D. Álvaro, nas suas viagens pastorais a África, por duas das promotoras da iniciativa em Portugal.

(Fonte: site de São Josemaria Escrivá AQUI)

Sem comentários: