N. Sra. de Fátima

N. Sra. de Fátima
Fátima 2017 centenário das aparições de Nossa Senhora, façamos como Ela nos pediu e rezemos o Rosário diariamente. Ave Maria cheia de graça… ©Ecclesia

domingo, 1 de janeiro de 2017

Com Maria atingimos a comunhão com os outros

Iniciamos a segunda parte do Tempo de Natal com a Solenidade da Maternidade divina de Maria. O nosso olhar detém-se agora com mais atenção nesta criatura sem par que, de forma tão simples, ecce ancílla Dómini [5], possibilitou a Encarnação do Verbo e nos tornou filhos de Deus em Jesus Cristo, irmãos com uma fraternidade mais forte que a da origem comum em Adão e Eva. Ó Mãe, Mãe! Com essa tua palavra “fiat” tornaste-nos irmãos de Deus e herdeiros da Sua glória. Bendita sejas! [6]. Realiza-se assim uma das mais profundas aspirações do ser humano: uma aspiração irreprimível de fraternidade, impelindo à comunhão com os outros, em quem não vemos inimigos ou concorrentes, mas irmãos para acolher e amar [7].

Amar o nosso semelhante com amor fraterno é uma das caraterísticas essenciais da mensagem cristã. O próprio Jesus o frisou aos Apóstolos: Dou-vos um mandamento novo: que vos ameis uns aos outros: que vos ameis uns aos outros como Eu vos amei. Por isto é que todos saberão que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros [8]. E o nosso Padre comenta: é preciso atualizar essa fraternidade que os primeiros cristãos viviam tão intensamente [9]. E tu e eu, que estamos a fazer? Como rezamos por todos os povos? Como nos interessamos pela sua vida?

O mandamento novo do Senhor ajuda a compreender que a fraternidade cristã não se reduz à mera solidariedade, não se fica em questões de afinidade de caráter, de interesses comuns, de simpatia meramente humana. Ela procura descobrir Cristo nos outros. Mais ainda, leva a parecer-se cada vez mais com Ele, até podermos afirmar que somos alter Christus, outros Cristos e ipse Christus, o próprio Cristo. Este desejo traduz-se em amar e servir os nossos semelhantes como o Senhor os serve e os ama.

[5]. Lc 1, 38.
[6]. S. Josemaria, Caminho, n. 512.
[7]. Papa Francisco, Mensagem para o Dia mundial da paz de 2014, 8-XII-2013, n. 1.
[8]. Jo 13, 34-35.
[9]. S. Josemaria, Temas atuais do cristianismo, n. 61.

(D. Javier Echevarría, Prelado do Opus Dei na carta do mês de janeiro de 2014)
© Prælatura Sanctæ Crucis et Operis Dei

Sem comentários: