N. Sra. de Fátima

N. Sra. de Fátima
Fátima 2017 centenário das aparições de Nossa Senhora, façamos como Ela nos pediu e rezemos o Rosário diariamente. Ave Maria cheia de graça… ©Ecclesia

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Há dez maravilhosos anos o Senhor pegou-me pela mão e mostrou-me um dos Seus bons Caminhos

Guiado pelo Espírito Santo pedi ajuda, por e-mail, imaginem, ao Opus Dei, para me reencaminhar, me ajudar a reaprender a fé, retomar atos de devoção e gratidão, combater a soberba, ser um transmissor da esperança, amar o Senhor e o próximo, enfim para lutar por ser um bom cristão.

Tendo-me declarado previamente aquilo que era e ainda sou, um pecador, receberam-me de braços abertos, com paciência, amor e foram-me guiando.

Desde então frequento assiduamente os meios de formação que disponibilizam e só tenho que dar graças a Nosso Senhor pelo Caminho que me mostrou.*

Não sou um fiel da Prelatura do Opus Dei, mas apenas alguém, como muitos outros, que usufrui dos excelentes e sólidos meios de formação que a Obra disponibiliza mensalmente a quem o desejar, e recorro com muita frequência à boa palavra e conselho dos leigos e sacerdotes fiéis do Opus Dei. Sinto-me de alma e coração parte da família espiritual.

Este blogue se existe, deve-se a um sacerdote da Obra, que sem me dizer o quê, me motivou a dar mais, e mais tarde a um outro sacerdote, este quando o blogue já existia, incentivando-me a ter uma maior intervenção pessoal; jamais alguém tentou interferir nas minhas opções editoriais e as únicas correcções que têm sido feitas são ortográficas. Cabe ainda dizer aqui e agora, que nunca olhei o 'Spe Deus' como meu, pese as inúmeras tentativas do demónio que me procura envaidecer, mas sim totalmente do Senhor que me concedeu a graça de ser um mero envelope que procura transmitir o amor e a devoção que lhe são devidos, à Virgem Maria, aos anjos e santos e à Sua Igreja em particular Seu vigário.

Aqueles de vós que acompanham o ‘Spe Deus’ há já algum tempo, sabeis bem, que tenho cometido erros, dos quais sempre que me apercebo procuro com humildade pedir perdão ao Senhor e aos visados e aproveito esta oportunidade para renovar as minhas desculpas a todos aqueles a quem eventualmente possa ter magoado ou ofendido.

O meu coração nesta data está a cada ano que passa pleno de alegria e gratidão, desde logo ao Senhor, mas também aos tantos e bons amigos que Ele me ofereceu nos últimos anos.

Obrigado meu Senhor e meu Deus pelas infinitas bênçãos e graças que me tens concedido ao longo da vida!

JPR
(Texto na sua essência escrito em 2009 sendo que todo o seu conteúdo se mantém totalmente atual. Obrigado!)

* razões de saúde não me têm permitido participar com a assiduidade desejada de há três anos para cá, mas a semente existe e a leitura também. 

«Quantas coisas novas descobriste! No entanto, às vezes és um ingénuo, e pensas que já viste tudo, que já sabes tudo... Depois, tocas com as tuas mãos a riqueza única e insondável dos tesouros do Senhor, que sempre te mostrará "coisas novas" se tu responderes com amor e delicadeza; e então compreendes que estás no princípio do caminho, porque a santidade consiste na identificação com Deus, com este nosso Deus, que é infinito, inesgotável! »

(São Josemaría Escrivá - Sulco, 655)

2 comentários:

Maré alta disse...


Obrigado pelo seu Blog!
Faz-me companhia muitas vezes. No meu caso, visitar o seu Blog, faz parte do meu plano de vida diário. È também um momento de oração.
Gosto do que escreve e das fontes onde vai vai buscar inspiração.
Os assuntos da fé são tratados com seriedade.
Força para continuar.
Um abraço fraternal.
Maré Alta

José Maria C.S. André disse...

De alma e coração consigo, alegro-me com a mesma alegria, por tantas graças recebidas.
Sinto-me muito agradecido pelo seu exemplo, de que aprendo tanto.
E feliz pelos frutos tão grandes do «Spe Deus»: Deus abençoou o seu trabalho!
Peço-Lhe que continue a encher de frutos o seu esforço e multiplique a sua alegria e a da sua família.

Com muita amizade,
José Maria C.S. André