N. Sra. de Fátima

N. Sra. de Fátima
Fátima 2017 centenário das aparições de Nossa Senhora, façamos como Ela nos pediu e rezemos o Rosário diariamente. Ave Maria cheia de graça… ©Ecclesia

domingo, 11 de setembro de 2016

O matrimónio perante Deus

Por desígnio de Deus, o matrimónio é a única relação reveladora da entrega por toda a vida do amor, esta é uma verdade que confirmamos com os nossos corpos.

O sacramento do matrimónio não torna a fidelidade conjugal fácil, mas torna-a possível.
Esta é a razão por que não é idealismo irrealista acreditar que o sexo deve ser guardado para o casamento. O sexo, com a sua impressionante intimidade e vulnerabilidade mutua, é suficientemente exigente para com aqueles que se comprometeram por uma vida inteira juntos.

Scott Hahn em “Swear to God: The Promise and Power of the Sacraments” (pp. 162-163) – 'Sob juramento perante Deus: A Promessa e o Poder dos Sacramentos' (tradução de JPR)

«O matrimónio é um sacramento que faz de dois corpos uma só carne: como diz com expressão forte a teologia, são os próprios corpos dos contraentes que constituem a sua matéria. O Senhor santifica e abençoa o amor do marido à mulher e o da mulher ao marido; e ordenou não só a fusão das suas almas, mas também a dos seus corpos. Nenhum cristão, esteja ou não chamado à vida matrimonial, pode deixar de a estimar.»

São Josemaría Escrivá - Cristo que Passa, 24

Sem comentários: